A queda de 6,4% da carteira de crédito do Banco do Brasil no terceiro trimestre não fez a instituição financeira rever sua estimativa para empréstimos neste ano. No cenário com o qual a instituição trabalha, os últimos três meses serão de retomada das concessões, especialmente para pessoas físicas, e ajudarão o banco a se alinhar com o projetado para 2017. Para a carteira de crédito, a expectativa é de recuo entre 1% e 4% no ano.