Esta semana a Câmara faz uma nova tentativa para votar o projeto de lei que cria o Regime de Recuperação Fiscal dos Estados. A proposta permite que Estados superendividados – como RJ, MG e RS – deixem de pagar as dívidas com a União por até seis anos, desde que se comprometam a sanear suas contas, controlar gastos, privatizar empresas e congelar salários dos servidores, entre outras medidas. Como se trata de Projeto de Lei Complementar, é preciso apoio da maioria absoluta da Casa: 257 votos. Uma vez aprovada, a matéria segue para exame do Senado.